sexta-feira, 25 de junho de 2010

Resenha: Irmandade da Adaga Negra 1 - Amante Sombrio

Minha primeira resenha no blog!
*Soltando fogos!*
E nada como um bom romance sobrenatural que, preciso admitir, são os meus preferidos!

Sempre ouvi falar da série Irmandade da Adaga Negra (Black Dagger Brotherhood) da autora JR Ward, mas confesso que nunca me interressei em ler. Aí, sem maiores recomendações, achei Amante Sombrio (Dark Lover)... e pronto, devorei o livro!

A história desta 1ª publicação, a série até o momento conta com 8 livros, é envolvente, tem bastante romance, juras de amor eterno e o grande diferencial: muuuuuitos personagens lindos e cativantes. Para quem curte tramas que giram em torno do sobrenatural, Dark Lover é uma boa pedida.


O livro conta a história de duas raças: A Irmandade e seus caçadores e assassinos. A Irmandade é composta de seis vampiros guerreiros que arriscam suas vidas pelo amparo e sobrevivência de sua raça, perseguida e dizimada. Os vampiros Warth, Rhage, Zsadist, Phury, Vishous e Tohrment se submeteram a duros treinamentos para poder lutar e proteger a sua espécie. Wrath, o vampiro de raça mais pura dos que povoam a terra, tem uma dívida pendente com aqueles que, há séculos, mataram seus pais. Quando morre um de seus mais fiéis guerreiros, deixando órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e seu destino, não resta a ele outra saída senão levar a bela jovem para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente para resistir aos avanços desse atraente desconhecido.

Spoilers!

O amor entre Wrath e Beth me assustou no início, pois tudo aconteceu muito rápido. Mas a autora narra o envolvimento dos dois de forma tão íntima que rapidamente o leitor se envolve no relacionamento.

Gostei da opção da JR Ward em seguir os mitos tradicionais dos vampiros (queimarem na luz do sol, força extrema), mas não curti muito o fato dos vampiros poderem morrer como um humano ao serem gravemente feridos e não precisarem de sangue humano para sobreviver. Na série a necessidade é de sangue vampiresco do sexo oposto.

Meu ponto fraco é por personagens guerreiros, o puro estereótipo da espécie masculina, que se dobra por um grande amor. E Dark Lover mostra exatamente isso: o poderoso Rei Cego, como Wrath é conhecido, caindo de amores pela meio-humana Beth. E eu, claaaaaro, achei isso fofo demais! *suspiros!*

A autora narra em diversos pontos de vista, um recurso que nos permite visualizar o que acontece em todos os cenários. A leitura é fácil, agradável. A linguagem é leve... embora não possa exatamente dizer o mesmo da história, que possue muitas cenas ardentes (mas nada muito exagerado).

Cada um dos próximos livros conta a história de um membro da Irmandade. Estou ansiosa para ler Lover Eternal, segunda obra da série.

Ficha técnica

Tìtulo Original: Black Dagger Brotherhood 1 - Dark Lover
Título Nacional: Irmandade da Adaga Negra 1 - Amor Sombrio
Autora: JR Ward
Ano de lançamento: 2009
Editora: Universo dos livros
Minha avaliação:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Visitas

Link-me