sábado, 26 de junho de 2010

Resenha: Série Night Huntress

Vou falar um pouco de uma série de livros que eu adoro e que, infelizmente, ainda não foi lançada no Brasil, embora a editora Novo Século tenha anunciado via Twitter que vai lançar a série. O nome é Night Huntress (Caçadora Noturna) e é escrita pela americana Jeaniene Frost. A série é composta, até agora, por 5 livros publicados, além de um com lançamento previsto para julho deste ano. (Isso sem contar os vários contos que a autora também escreveu).

Confesso que, por enquanto, só li os dois primeiros livros, mas tenho certeza que a qualidade da história não tem como cair. A autora escreve super bem e os personagens são muito marcantes.

A saga conta a história de Catherine Crawfield (Cat), uma meia-vampiro que devido a um passado trágico se tornou uma caça vampiros. Nas suas atividades ela conhece o LINDO vampiro Bones, que a ensina a arte de realmente matar sua raça. Nem preciso dizer que dessa história nasce um amor maravilhoso, não?


Spoilers!

No primeiro livro da série, Halfway to the grave, Cat está indo atrás dos vampiros como uma vingança a seu pai que, no passado estuprou sua mãe, quando é capturada por Bones, também um caçador de vampiros. Os dois resolvem fazer uma parceria onde ele a ensina a caçar sua raça em troca de ajuda.

Conforme o treinamento e caçada com Bones vão evoluindo, Cat conheça a se questionar se há realmente bons vampiros e um sentimento vai crescendo entre eles. E para complicar as coisas, é claro, assassinatos e prisões aparecem no meio do caminho.

Como já comentei antes, adoro livros que me surpreendem e este foi um deles. A trama se desenrola de maneiras inesperadas e o que parece um enredo clichê se torna uma caçada à assassinos em série, comércio de humanos e até organizações governamentais entram na história. Realmente muito bom o enredo!

Além de tudo isso a Jeaniene Frost está mais do que de parabéns pelos personagens fantásticos que criou (e olha que não estou só falando dos principais não). Para começar a heroína da série não é daquelas que ficam se fazendo de coitadinhas. A Cat é uma guerreira, mas sem perder seu jeito de menina criada em um pomar familiar de cerejas. E não é por falta de tragédia não, pois além de ser espancada, mordida, drogada, ter sua mãe estuprada, seus avós assassinados ela ainda é presa por matar o governador do estado. É pouco ou quer mais?

Mas o melhor da série é o vampiro Bones. Como posso descrevê-lo? Perfeito! Provavelmente isso, pois é impossível existir alguém assim... e isso, claro, não contando o fato dele ser um vampiro (dããamm!). Ele é um guerreiro também, muito hábil, inteligente, impetuoso entre outras coisas. Mas, o mais importante, é romântico, habilidoso com as palavras, safaaaaaado, carinhoso... enfim, um homem (ou melhor, um vampiro) perfeito!

Além das cenas de ação e de romance, o livro mescla algumas partes de humor como quando Cat fica bêbada com um fantasma ou os desafios com frases obscenas entre o casal. Tudo muito bem administrado.

Simplesmente AMEI esse primeiro livro. Recomendadíssimo!

Ficha Ténica

Tìtulo Original: Halfway to the grave
Autora: Jeaniene Frost
Ano de lançamento: 2007
Editora: Avon Books (estrangeira)
Minha avaliação:

O segundo livro da série, One foot in the grave, mostra a Cat mais velha, comandando uma equipe de humanos treinados para matar vampiros. Ela fugiu de Bones, na tentativa de protegê-lo, mas, claaaaaro, os dois se reencontram e o amor os aproxima novamente.

Mais uma vez, a Jeaniene Frost mostra sua habilidade com as palavras e narra de forma maravilhosa a história de Cat e Bones. Várias coisas são reveladas nesse livro como alguns detalhes sobre a idade de Cat e o real relacionamento de sua mãe e seu pai vampiro.

Confesso que o segundo livro não superou o primeiro em qualidade, mas a história também é muito boa. Dessa vez nos é mostrado ainda mais sobre a hierarquia dos vampiros e suas regras. Conhecemos também personagens marcantes como os companheiros de serviço da Cat.

Some tudo isso com cenas tórridas de carinho e juras de amor. One foot in the grave é responsável pelo capítulo mais descritivo de amor entre vampiros em minha opinião. O "famoso" capítulo 32. Sério, já tinha ouvido falar dele antes mesmo de ler a saga. Vale a pena!

Detalhe muito legal da série como um todo: os vampiros falam com sotaque de seus locais de origem. O Bones solta umas pérolas muito legais já que é um Inglês nascido no século XVIII.

Ficha Ténica

Tìtulo Original: One Foot In The Grave
Autora: Jeaniene Frost
Ano de lançamento: 2008
Editora: Avon Books (estrangeira)
Minha avaliação:

1 comentários:

Grazi disse... [Responder comentário]

Eu amooooooooooooooooo o Bones!!!! rsrsrs

A série é muito legal mesmo :)

Postar um comentário

Siga as instruções abaixo:
- na área em branco abaixo deixe algum comentário sobre o post;
- no espaço "Comentar como:" escolha a opção que mais se adequar a você;
- clique no botão "Visualizar";
- e por fim, clique em "postar comentário".

ıllı BLOG NA PRATELEIRA ıllı

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Visitas

Link-me