sexta-feira, 16 de julho de 2010

Comentários: True Blood 3x04 - 9 crimes

No domingo, dia 11, foi ao ar, pela HBO americana, o quarto episódio da 3ª temporada de True Blood, chamado 9 crimes.

Spoilers!
Para mim, até agora, foi o episódio mais lento de toda temporada. Muita falação e ação de verdade só mesmo no finzinho do episódio. A trama não está seguindo a do livro, então, ao meu ponto de vista, está um pouquinho enrolada. Espero que nos próximos episódios melhore.

Já nos primeiros minutos, Bill termina o relacionamento com Sookie via telefone, contando para ela até mesmo que fez sexo com Lorena. Totalmente desagradável esse Bill, que parece estar se entregando realmente ao seu “darkside”. As intenções dele, claro, é mantê-la afastada para que não corra perigo. (Sookie em perigo? Imagiiiina, isso nunca acontece). rs


No princípio ela sofre, chora, grita... a típica mulher largada pelo namorado. Chega ser engraçado, tadinha. E a Anna Paquin, como sempre digo, está ótima no papel! A vantagem é que sem o Bill na jogada é mais fácil a Sookie se encantar pelo lobisomem Alcide ou pelo LINDO vampiro Eric.

Eric, por sinal, com aparições memoráveis. A cena em que ele aparece voando na janela do apartamento da Sookie foi ótima! Quando eu li a cena no livro há uns meses eu imaginei exatamente dessa forma. Muito legal isso!

Finalmente apareceu a Debbie Pelt (metamorfa ex namorada de Alcide). A personagem, baseando-me nos livros, será a pedra no sapato da Sookie. No seriado ela é a mais nova integrante do bando de lobisomens que seguem ordens de Russell, rei de Mississipi.

O que eu não estou gostando da série é o lance do tráfego de “V” (sangue de vampiro). Na primeira temporada eu até curti, mas agora está meio forçado. Num momento do episódio Russell chega a oferecer seu sangue numa cerimônia, estilo um ritual bizarro.


No livro o que mais me agrada é a maneira quase casual que a escritora Charlaine Harris aborda todo o lance do sobrenatural... Mas, infelizmente, a série não está muito nessa linha. Vamos ver no que vai dar com o decorrer dos episódios.

Sam, para variar, sendo passado para trás. Agora por sua própria família. Depois de ser assaltado pelo irmão (também metamorfo), ele oferece ajuda aos parentes. Chega a ser irritante!

As melhores do episódio foram a Arlene e a Jessica, que agora virou garçonete do Merlotte.

Algo que não entendi foram as cenas em HotShot. No livro a área é habitada por homens panteras... no seriado é habitada por bandidos viciados em “V”? Sério mesmo?!


Bom, ADORO True Blood, mas não gostei deste episódio. Sorte que ainda temos mais aí pela frente para que as coisas se acertem!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Visitas

Link-me