domingo, 11 de julho de 2010

Crítica: filme A Última Música

Baseado no bestseller do escritor Nicholas Sparks, A Última Música (The Last Song) chegou aos cinemas em junho protagonizado pela estrela teen Miley Cyrus (que interpreta Hanna Montana no Disney Channel).

O filme conta a história de Ronnie Miller (Miley), uma adolescente rebelde, que vai junto com o irmão caçula, Jonah (interpretado por Bobby Coleman), passar o verão com seu pai, Steve Miller (Greg Kinnear).

A jovem tem pouco contato com Steve desde o divórcio com sua mãe, o que gera diversos atritos entre pai e filha. Ele tenta se reaproximar dela por meio da única coisa que eles têm em comum − a música.

Spoilers!

Um filme leve e – como todos baseados nas obras de Sparks – feito para chorar! É uma história sobre família, amizade, segredos e salvação. Muito bonito o enredo, embora simples e clichê.

Ronnie se apaixona por um rapaz rico, Will (Liam Hemsworth), iniciando um romance cheio de cenas a beira da praia, a bordo de caminhonetes e afins. Apesar de o romance ditar a maior parte do filme, o enredo se desfecha no segredo mantido por Steve, que abala toda a família e muda as atitudes rebeldes de Ronnie.

Ouvi muitos especialistas criticando a atuação da Miley Cyrus no filme, mas, embora eu ainda ache que ela está mais para cantora do que atriz, o trabalho dela foi eficiente. O casal central me convenceu (talvez pelo fato dos dois atores, Miley e Liam, estarem realmente namorando na vida real) e as cenas de amor estavam no ponto certo, não foram melosas demais.

Para quem não sabe, Nicholas Sparks escreveu também Querido John, Diário de uma paixão, Noites de Tormenta e Um amor para recordar, mas A última música foi a primeira adaptação na qual ele participou diretamente. Nicholas, junto com Jeff Van Wie, são os responsáveis pelo roteiro. O filme marcou também a estréia da diretora Julie Anne Robinson na telona, ela já dirigiu séries como Grey's Anatomy, Private Practice e Big Love.

Assistam ao trailer de A Última Música:

7 comentários:

Carol Felipe disse... [Responder comentário]

Jaqueee, até q enfim alguém escreveu sobre esse filme... eu tava doida pra saber se era bom, mas vou deixar pra ver dps de ler o livro, só li o 1° capítulo!!

Se bem q já me contaram o final, q era bem previsível por sinal só em ler o 1° capítulo!! =p

Valeu pela resenha!!

=*

Aline Vaz disse... [Responder comentário]
Este comentário foi removido pelo autor.
Aline Vaz disse... [Responder comentário]

Mais uma obra fabulosa de Nicholas Sparks que nos leva a chorar no cinema. Uma história de amor e reflexão.
http://culturaesquizofrenica.blogspot.com/

Anônimo disse... [Responder comentário]

Realmente a Miley está mais pra cantora do que atriz!

Anônimo disse... [Responder comentário]

Miley Ray Cyrus ♥

Anônimo disse... [Responder comentário]

nossa gente vale a pena ver eu luciane assisti o filme e chorei demais muito bom
e e bom saber que eles estao namorando na vida real eu sempre quis saber se vc ainda nao açistiu vale a pena conferir. A Miley e uma otima cantora e atriz tambem lindo filme

Anônimo disse... [Responder comentário]

assistiu não é com "ç"

Postar um comentário

Siga as instruções abaixo:
- na área em branco abaixo deixe algum comentário sobre o post;
- no espaço "Comentar como:" escolha a opção que mais se adequar a você;
- clique no botão "Visualizar";
- e por fim, clique em "postar comentário".

ıllı BLOG NA PRATELEIRA ıllı

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Visitas

Link-me