quarta-feira, 7 de julho de 2010

Resenha: O legado da Caça-vampiros – Crônicas Vampíricas de Gardella

Não é segredo para ninguém que sou fã de livros com temas sobrenaturais. Mas ultimamente estava sentindo falta de publicações que tratassem o assunto de forma mais clássica (não me entenda mal, ainda gosto de vampiros que brilham na luz do sol e coisas do gênero).

Seguindo essa linha de mitos sobrenaturais clássicos, foi lançado em maio no Brasil o livro O legado da Caça-vampiros – Crônicas Vampíricas de Gardella (The rest falls away - The Gardella Vampire Chronicles) da escritora norte americana Colleen Gleason. A obra faz parte de uma série com 5 livros (dos quais os 4 seguintes ainda não foram publicados no Brasil).

A história se passa na cidade de Londres em 1820, na época em que moças debutavam e suas mães faziam papéis de casamenteiras. No meio desse cenário, a personagem principal é Vitória Gardella, uma jovem de 19 anos que guarda um segredo. Por gerações os Gardellas são escolhidos para defender a sociedade dos mortos-vivos, são caça-vampiros, Venadores. E desta vez a escolhida foi Vitória.

Spoilers!

Vitória é uma personagem forte, determinada... à frente ao seu tempo. Ela recebe o vis bulla, um amuleto preso ao seu umbigo que lhe dá habilidades úteis durante as caçadas. Como uma venadora ela sente a presença de um vampiro através de um frio na nuca.

Ela é instruída por sua tia, Eustácia, uma senhora que todos acham ter enlouquecido, mas que na verdade também já fora uma caçadora no passado. Para essa nova tarefa, Vitória conta com a ajuda de Kritanu (amante de sua tia), sua criada Verbena e outro venador, o italiano Maximiliano “Max” Pesaro.

No livro, o primeiro vampiro criado foi Judas Iscariotes, o homem que traiu Jesus Cristo por 30 moedas de prata. Lilith, a Escura, é a filha de Judas e também a vampira mais poderosa de todos os tempos. A tarefa de Vitória é não permitir que Lilith e seus aliados tomem posse do Livro de Antwartha, uma verdadeira arma em mãos erradas.

Vitória leva uma vida dupla, se dividindo na tarefa de ser uma venadora e também uma jovem rica de sociedade. Sua mãe está à procura de um marido para a filha e num baile Vitória reencontra Filipe de Lacy, o marquês de Rockley, que é apaixonado por ela há anos.

O livro mistura cenas de ação com romance. As restrições clássicas dos vampiros foram mantidas: queimam no sol, morrem com estaca no coração, precisam de permissão para entrar em residências, não gostam de crucifixos e ficam gravemente feridos com água benta. Uma coisa legal é que existem diversos tipos de vampiros, classificados por suas forças e posições, como os Imperiais e Guardiões.

O enredo mostra como era a sociedade européia no século XIX, com seus costumes e crenças. E o mais bacana é ver que muitas pessoas suspeitam da existência de vampiros. Eu sempre me questionei isso quando lia livros sobrenaturais: por que ninguém nunca suspeita que os vampiros são os vilões da história? E neste livro isso acontece. Vitória tem umas tias e quase tias muito engraçadas, que morrem de medo de vampiro, que carregam crucifixos e alhos pendurados no pescoço.

Os personagens principais são marcantes e bem diferentes entre si. Filipe é um lorde inglês, educado, inteligente, romântico e completamente apaixonado por Vitória, embora não saiba de sua tarefa como venadora. Max é forte, empenhado no que faz, esperto e tive a impressão de que faz o papel irmãozão da Vitória (ora brigam, ora se ajudam... mas sem segundas intenções – pelo menos no primeiro livro). E o sedutor Sebastian Vioget, dono de uma taverna freqüentada por vampiros. Ele é misterioso, valente e, claro, safaaaaaaado!

O livro começa lento, com pouca ação no início, especialmente porque é a fase de treinamento da Vitória. Mais ou menos no capítulo 10 a ação começa, com uma trama mais agitada, com cenas de resgate, armadilhas, incêndios, beijos ardentes e tudo que uma boa trama precisa!

O final – fique tranqüilo, pois não vou dizer como termina – é emocionante e faz uma amarração legal para o próximo livro (que estou louca para começar a ler!).

Coisas que não gostei: algumas cenas importantes são narradas muito rapidamente. Isso me incomodou um pouco. É claro que a autora deu muito destaque para cenas como as batalhas, mas certas situações (como as de romance, por exemplo) passaram muito rapidamente, em minha opinião.

Outra coisa que me incomodou foram as poucas aparições de Sebastian. Ele tem tudo para ser o melhor personagem do livro, com suas deixas sarcásticas, seu mistério fascinante... mas aparece poucas vezes na trama. Acho que ele poderia ter sido mais explorado.

A editora que publicou o livro aqui no Brasil foi a mineira Jardim dos Livros. Ela caprichou na diagramação. A capa tem detalhes em alto relevo, com papel brilhante, e as folhas têm gravuras que dão aspecto de sangue respingado. De fato ficou LINDO! Mas talvez isso, presumo, seja a razão do livro ter um preço mais salgadinho. Paguei R$ 42,00. Não é que não valha à pena, porque vale, mas talvez se tudo fosse mais simples, a obra estaria mais acessível a todos. Só um comentário!

Em resumo, O legado da Caça-vampiros – Crônicas Vampíricas de Gardella é muito bom e eu recomendo para todos os fãs de tramas misteriosas, com bastante ação, suspense e, claro, romance. Adorei!

Para quem quiser conhecer mais, estes são os próximos livros da saga (ainda sem previsão de lançamento no Brasil):

The Gardella Vampire Chronicles 2 - Rises the Night
Lançado em Junho de 2007


The Gardella Vampire Chronicles 3 - The Bleeding Dusk
Lançado em Fevereiro de 2008



The Gardella Vampire Chronicles 4 - When Twilight Burns
Lançado em Agosto de 2008



The Gardella Vampire Chronicles 5 - As Shadows Fade
Lançado em Março de 2009


Ficha Técnica

Tìtulo Original: The rest falls away - The Gardella Vampire Chronicles
Título Nacional: O legado da Caça-vampiros – Crônicas Vampíricas de Gardella
Autora: Colleen Gleason
Ano de lançamento: 2010
Editora: Jardim dos Livros
Minha avaliação:

8 comentários:

Carol Felipe disse... [Responder comentário]

Como já tinha comentado com a Jaque, já tinha lido esse livro e o final realmente... não dá p comentar!! A história é boa, a ambientação da época, então, nem se fala, mas a autora não escreve sempre tão bem...algumas partes aceleram demais, outras dão uma parada...ela às vezes não explica direito e não sabe transmitir tanta emoção, como outras autoras do gênero!!

Já li o segundo, que gostei muito, mais até do q o primeiro, mas estanquei no 3°!! Parei no cap. 4...dei uma pulada p ver se melhorava...melhora, mas não ao ponto de me levar a ler em inglês, até pq. o livro dela não é tãaaaaaao fácil de ler em inglês como outros que conheço!!

=*

Carol Felipe disse... [Responder comentário]

Sim... e esqueci o principal!! A Victória não é chata e o Sebastian.... AAAHHHHHH Sebastian... DELÍCIA!!

Rtika disse... [Responder comentário]

Jaque,

Comprei esse ontem e, já começei a ler. Estou adorando...
Só a capa além de linda desperta um grande interesse.
Aqui no Rio está mais caro... R$ 53,00 rsrsr

Bjss

Erika disse... [Responder comentário]

Jaque,

Comprei esse ontem e, já começei a ler. Estou adorando...
Só a capa além de linda desperta um grande interesse.
Aqui no Rio está mais caro... R$ 53,00 rsrsr

Bjss

Anônimo disse... [Responder comentário]

Acaba de chegar nas livrarias o segundo livro da coleção “Crônicas vampíricas de Gardella” ERGUE-SE À NOITE.
Encontre ou encomende o seu nas principais livrarias.


Ergue-se a Noite
Autor: Collen Gleason
Romance
Formato: 15,5 x 22,5 – 376 páginas
ISBN: 978-85-63420-11-4
Preço: R$ 39,90
A venadora Vitoria Gardella arrisca seus poderes, ao
desvendar os mistérios da poderosa organização Tutela.
Seus membros servem aos vampiros, oferecendo a eles seres
humanos, para que saciem sua necessidade de sangue.
Deixando Londres, ela viaja pela Itália, disposta a tudo
para desbaratar os inimigos, destemida a ponto de colocar
em tremendo risco a vida de sua tia-avó e mentora,
Eustácia. Sem contar com a preciosa ajuda de seu
experiente companheiro de outras aventuras, Max, que
depois de ter voltado àquele país tem estranhas atitudes.
Tudo leva a crer que ele mudou de lado!

jaqueline disse... [Responder comentário]

Adoro as cronicas de gardella. o segundo livro ERGUE-SE A NOITE está otimo e a participação de Vioget esta espertacular. Espero ansiosa pelo terceiro livro. Quando será que ele chegará ao Brasil?

jaqueline disse... [Responder comentário]

Adoro as cronicas de gardella. o segundo livro ERGUE-SE A NOITE está otimo e a participação de Vioget esta espertacular. Espero ansiosa pelo terceiro livro. Quando será que ele chegará ao Brasil?

jaqueline disse... [Responder comentário]

Adoro as cronicas de gardella. o segundo livro ERGUE-SE A NOITE está otimo e a participação de Vioget esta espertacular. Espero ansiosa pelo terceiro livro. Quando será que ele chegará ao Brasil?

Postar um comentário

Siga as instruções abaixo:
- na área em branco abaixo deixe algum comentário sobre o post;
- no espaço "Comentar como:" escolha a opção que mais se adequar a você;
- clique no botão "Visualizar";
- e por fim, clique em "postar comentário".

ıllı BLOG NA PRATELEIRA ıllı

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Visitas

Link-me