terça-feira, 7 de setembro de 2010

Resenha: Calafrio – Os Lobos de Mercy Falls 1

Fazia um bom tempo que não lia um livro essencialmente romântico e, sinceramente, não tinha idéia de como sentia falta disso até terminar de ler Calafrio (Shiver) da americana Maggie Stiefvater, lançado no Brasil pela editora Agito. O livro é o primeiro da série Os lobos de Mercy Falls (The Wolves of Mercy Falls) que terá o lançamento do segundo número da série aqui no Brasil em janeiro de 2011.

Calafrio conta a história de amor entre Grace e Sam. Por anos, quando chega o inverno, Grace é atraída pela presença familiar dos lobos que vivem no bosque atrás de sua casa. Todos os anos ela espera ansiosamente pelo frio desde que fitou pela primeira vez os profundos olhos amarelos de um dos lobos e sobreviveu ao ataque de uma alcatéia faminta.

Esses mesmos olhos brilhantes ela encontra anos mais tarde em Sam, um rapaz que cresceu vivendo duas vidas: uma normal, sob o sol, e outra no inverno, quando se transforma em lobo. O mesmo lobo que salvou a vida de Grace quando ainda era uma garotinha.


Mesmo sabendo que são de mundos diferentes, eles têm consciência de que precisam aproveitar o que pode ser os últimos dias de Sam como ser humano antes de se tornar um lobo para sempre.

Spoilers!

Já me deparei com situações como esta antes quando a história do livro fica em segundo plano e o principal passa a ser a forma como ele foi escrito. Não vou exemplificar, pois é capaz de me chamarem de maluca por comparar clássicos com Calafrio, mas a situação é a mesma. Maggie Stiefvater escreve de forma tão intensa, tão graciosamente descritiva que o enredo, por vezes, perde a relevância em sua narração.

O livro é extenso e a história lenta. Mas não se torna maçante, apesar disso. Pelo contrário, com o passar do tempo o leitor se envolve cada vez mais na história de amor do casal principal.

A autora usou sabiamente de certos recursos literário como a narração em 1ª pessoa, ponto de vista dos dois personagens principal e nomenclaturas de capítulos que mostram a temperatura do ambiente (fator importantíssimo na história). Nem preciso dizer o quanto isso aproxima o leitor a história, não?

Sou completamente apaixonada por autores descritivos. Quanto mais descrição, para mim melhor. E Maggie Stiefvater é exatamente assim. Ao ler Calafrio você fica sabendo desde a sensação que o personagem está sentindo até o aroma que eles exalam no local em que estão. É fantástico!

O livro nos traz dois personagens fortes a sua maneira. Nada do típico mocinho salva a mocinha (que odeio!). Nesse caso Sam luta com sua própria natureza para não só estar com sua amada, mas principalmente para manter sua humanidade. Coisa que, pelo o que é mostrado na história, é fato incomum. Por outro lado, há Grace uma adolescente com características de mulher adulta, responsável, que mostra muita maturidade ao tomar diversas decisões duras sozinha.

Como já tinha expressado, o enredo fica em segundo plano nesse livro. Prova disso é que até agora quase não comentei sobre a história em si. Pois bem, lá vai: humanos mordidos por lobos se transformam em animais no inverno devido à baixa temperatura de seu corpo. Esse processo acontece durante anos até que, num certo momento de sua vida, essa condição se torna permanente. Essencialmente é isso.

A grande sacada, pelo menos em minha opinião, foi deixar claro que Sam e seus companheiros não são lobisomens, mas simplesmente lobos. Com a geração “Crepúsculo” de hoje em dia, a história poderia ser encarada de forma errônea caso fossem vistos como lobisomens.

Algo que me incomodou um pouco foi o fato dos personagens serem adolescentes. Provavelmente se ambos fossem mais velhos a história correria de forma mais coerente. Eu fiquei meio incomodada com as cenas relevantes na escola, com os afazeres de casa e detalhes simples da rotina de uma jovem garota. Isso talvez aproxime os leitores adolescentes ao livro, mas no meu caso, confesso, incomodou um pouco.

Agora um toque para quem vai ler, assim como eu, a versão nacional do livro. Por algum motivo várias coisas passaram batido durante a publicação como alguns erros na hifenização durante a diagramação e a irritante (e errônea) opção de começar a frase com o uso de pronome átono. Eu entendo que a história é narrada em 1ª pessoa, mas a linguagem dos personagens não chega a ser completamente coloquial, a editora poderia ter seguido as regras gramaticais, em minha opinião. Mas, apesar disso, o livro já está adaptado à reforma ortográfica, um detalhe muito legal!

A série de livros Os Lobos de Mercy Falls já conta com Linger (ainda sem tradução no Brasil) e terá sua finalização com o livro Forever (com lançamento nos EUA previsto para julho de 2011). Maggie Stiefvater é autora também de uma outra série chamada Books of Faerie (com os livros Lament e Ballad), sem previsão de lançamento no Brasil ainda.

Bom, Calafrio é um excelente livro e merece ser lido por todos que adoram um bom livro de romance que reúne cenas lindamente descritivas e um enredo com pitadas sobrenaturais. Fica a dica!

Ficha Técnica:

Título Original: Shiver - The Wolves of Mercy Falls 1
Título Nacional: Calafrio – Os Lobos de Mercy Falls 1
Autor: Maggie Stiefvater
Ano de lançamento no Brasil: 2010
Editora: Agito
Minha avaliação:

3 comentários:

Grazi Nayoara disse... [Responder comentário]

Comecei a ler esse livro mas não terminei.

Mas a parte que eu li era muito interessante e bem escrita!!

=D

Carol Felipe disse... [Responder comentário]

Amo demais esse livro...dispensa comentários...a forma poética e descritiva como Maggie escreve não apenas nos aproxima da história, mas acima de tudo, nos faz senti-la!!

Resenha maravilhosa!!

=*

Stephanie Cipriano disse... [Responder comentário]

Ola !

Eu ameei o livro estou linda ainda,mas mesmo assim eu achei meio casnativo,tipo quando eu queria saber mais sobre a narrativa da Grace aparecia o Sam.

Mas estou adorando por enquanto.

Postar um comentário

Siga as instruções abaixo:
- na área em branco abaixo deixe algum comentário sobre o post;
- no espaço "Comentar como:" escolha a opção que mais se adequar a você;
- clique no botão "Visualizar";
- e por fim, clique em "postar comentário".

ıllı BLOG NA PRATELEIRA ıllı

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Visitas

Link-me