quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Livro x Filme: As Crônicas de Nárnia - A viagem do Peregrino da Alvorada

Oi, eu sou a Lucy!

Sou chocólatra, tenho o meu blog, que é a chocolateria e colaboro também com o Por essas páginas. Fiquei muito contente quando a Jaque me convidou para participar do Na prateleira! Espero não decepcionar, mesmo porque não é sempre que eu leio uma literatura contemporânea, mas também espero que meus posts não sejam com intervalos muito longos (às vezes o trabalho consome mais tempo do que gostaria - ou do que suporto).

Enfim, hoje eu farei uma comparação entre o livro A viagem do Peregrino da Alvorada (escrito por C.S. Lewis) e o filme, lançado mês passado.

O resumo da história: Lúcia e Edmundo, com seu odioso primo Eustáquio a tiracolo, embarcam numa incrível viagem de aventuras e descobertas, a bordo do imponente navio Peregrino da Alvorada. Rumo às Ilhas Solitárias, em busca dos sete amigos desaparecidos do pai do rei Cáspian, eles encontram um dragão, uma serpente do mar, um bando de criaturas invisíveis, um mágico e o próprio Aslam, o Grande Leão, que os presenteia com uma promessa muito especial.
A principal diferença entre o livro e o filme: No filme, a aventura vai além de procurar os sete amigos do pai de Cáspian. A ideia inicial é essa: buscar os nobre amigos do rei Cáspian, mas já na primeira parada do navio, a trama muda: os viajantes devem destruir uma névoa que 'suga' pessoas que são dadas em sacrifício (aparentemente, se não houver sacrifício, a névoa suga os mais desavisados - isso não foi explicado no filme, mas ficou subentendido). Para derrotar a névoa, Cáspian e seus amigos devem encontrar os nobres e suas espadas (que por algum motivo são mágicas) e colocarem na mesa de pedra de Aslam.

Eu vi essa mudança de foco no filme como uma alavanca para a história. O livro é legal (muita gente não curte por ter um caráter um tanto dogmático, ou por não explorar as personagens melhor, mas eu levo em conta que é um livro infantil e que foi lançado numa época diferente), mas é muito centrado na viagem do Peregrino, de modo que muitas partes que foram melhor exploradas no filme foram apenas citadas no livro.

Geralmente as adaptações de livro para filme não me agradam (cofharrycofpottercof), mas eu essa adaptação deu uma trama mais interessante e aventureira às Crônicas de Nárnia.

Trailer do filme

4 comentários:

Jaqueline de Marco disse... [Responder comentário]

Bem vinda, Lu!!! Que você continue por muito tempo no Na Prateleira. Sinta-se em casa, amiga!
Adorei seu texto! Infelizmente não fui assisti a esse filme ainda e nem li esse livro (vergonhoso, eu sei), mas já ouvi falarem que é muito bom! E pelo que você escreveu, o filme parece ser até mais interessante que o livro. Tô curiosa!
Um beijãoooo!

Nivia disse... [Responder comentário]

Lucy! =D
Assim como a Jaque, não li o livro, nem vi o filme. Mas para um filme ser mais interessante, realmente é curioso!
Aliás, boa a sua comparação! Essa série me intriga porque já ouvi falarem muito sobre não ser muito profunda a respeito dos personagens. Por ser um clássico de fantasia, isso me estranha, mas é a vida.
Pelo menos, segundo o que disse, posso ver os filmes tranquilamente. xD

Beijos! ^^

EricaMarts disse... [Responder comentário]

O que me deixou de cabelo em pé no filme foi que vi aquilo tudo e não respondeu minhas perguntas.
Tipo, quem era o real responsável pela névoa?
Porque sequestravam as pessoas?
Porque surgiu aquela ilha do mal???
Fiquei bolada com isso.

Eu ainda não li nenhum dos livros.

Bye

Lucy disse... [Responder comentário]

Érica, ñ existe um responsável, a ilha e a névoa é uma representação do Mal, na minha interpretação, a névoa sequestrava as pessoas apenas para se alimentar do desespero e do medo delas.
O motivo para ter surgido... Bem, no filme vc viu que o pessoal seria tentado, eu acho que o motivo era para corromper as pessoas de Nárnia e enfraquecer Aslam, para assim o Mal dominar o mundo.
(parece coisa boba, mas acho que foi por isso mesmo)
bjs!

Postar um comentário

Siga as instruções abaixo:
- na área em branco abaixo deixe algum comentário sobre o post;
- no espaço "Comentar como:" escolha a opção que mais se adequar a você;
- clique no botão "Visualizar";
- e por fim, clique em "postar comentário".

ıllı BLOG NA PRATELEIRA ıllı

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Visitas

Link-me