domingo, 13 de fevereiro de 2011

Comentários: The Vampire Diaries - 2x14 Crying Wolf

Na quinta-feira, 10/02, foi ao ar nos EUA o episódio “Crying Wolf”, o 14° da segunda temporada de The Vampire Diaries. A série é uma adaptação da emissora de tv CW da saga literária escrita pela norte-americana LJ Smith. Neste episódio enfim vemos a resolução do conflito entre vampiros e lobisomens (pelo menos temporariamente) em Mystic Falls.

Dando continuidade ao episódio anterior, Damon continua lutando contra as mudanças que está passando. Todas, claro, incentivadas pelo sentimento que sente por Elena. Por isso dessa vez o vampiro malvadão da série está agora com uma namorada nova: a jornalista Andie (aquela da cena da banheira do último episódio, lembram?). Interessante ver que mesmo sendo charmoso e lindo, Damon ainda assim precisou usar seus poderes de vampiro para convencer a “coitadinha”. Eu, particulamente, não precisaria de tanto, mas...

Caroline cada vez mais se atrapalha em seu relacionamento com Matt. Depois de mentir para o rapaz, agora o casal voltou a estaca zero. Senti que a emissora CW quis criar um novo triângulo amoroso na série com Caroline dividida entre Tyler e Matt, mas já que o público criou uma antipatia com o lobisomen, as coisas parecem estar bem mais favoráveis ao Matt. Ainda bem! Adoro o Matt (mais o do livro do que o do seriado).

Para variar, o seriado cometeu alguns furos neste episódio. Alguém me explica como a Caroline não sentiu falta do celular dela (roubado pelo Tyler)? Sério, ainda mais ela que tem o perfil de nunca largar o aparelho. Entendo que esta era a única maneira dos lobisomens saberem onde Elena estava, mas achei muito sem sentido. Forçou demais, CW.

Depois de dois episódios seguidos com cenas “Delena” (apelido para Damon&Elena), enfim vimos cenas românticas entre Elena e Stefan. Quem me conhece sabe que eu amo o caçula dos Salvatores, então não deve ser segredo para ninguém que eu adorei as cenas na casa do lado. Aliás, que cenário lindo! Escolheram o cenário perfeito para o casal.

Ainda na casa do lago, Elena descobre um arsenal escondido por seus pais. Pelo visto os Gilberts não eram tão ignorantes sobre a existência dos vampiros assim. Além disso, foi citado que os outros diários da família estavam no local. Não sei vocês, mas eu aposto que várias dicas sobre como acabar com os vampiros originais devem ser retiradas desses diários.

Quantas vezes o anel que “ressuscita” as pessoas vai ser usado no seriado? Já não basta ser algo mal trabalhado e explicado, agora vai ser utilizado sempre que alguém morrer? Chato isso! Especialmente porque foi a segunda vez que o Alaric morre usando o anel. Já basta, não?!

Hum, reparam na ironia do Damon ser torturado por lobisomens em busca da misteriosa selenita? Há alguns episódios ele era o torturador de Mason pelo mesmo motivo. E, como sempre, mais sangue é derramado sem dó no seriado. Desta vez temos pescoço sendo furado com um lápis, Damon sendo torturado e corações de lobisomens sendo arrancados. Odeio emissoras que tratam de assuntos deste tipo sem mostrar sangue. Neste ponto a CW está de parabéns.

Tyler se superou neste episódio. Conseguiu fazer mais besteiras que no anterior ao ajudar os lobisomens na tentativa de captura da Elena. A vantagem é que no final ele se redimiu e tentou arrumar tudo o que fez de errado nos últimos meses. E, para mim, a melhor coisa que vez foi sair da cidade. Espero que seja para sempre!

Mas o que realmente me surpreendeu foi a Elena. Desta vez ela não foi a vítima que precisa da ajuda dos irmãos Salvatores para tudo. Ela sozinha conseguiu escapar de um lobisomem, ferindo-o e conseguindo enganá-lo em vários momentos. Mesmo que no final Stefan deve que destruir, literalemnte, um coração. Pelo visto a personagem está enfim evoluindo. Que bom.

E o que foi aquele beijo entre Bonnie e Jeremy? Confesso que eu não esperava e que gostei muito do resultado. Nunca botei muita fé no rapaz (especialmente depois que vi o ator no péssimo filme Piranhas 3D), mas depois desse beijo estou revendo meus conceitos. Ele tem pegada! rs E a Bonnie precisava mesmo calar a boca, nem que seja só para beijar. Ôh bruxinha chata.

O que me animou muito neste episódio foi saber que a fase de lobisomens enfim acabou e que, pelo visto, já a partir do próximo episódio voltaremos a trama que deixou este segunda temporada tão emocionante: sacrifício da Elena. Algumas cenas de “Crying Wolf” já deixaram alguns ganchos para isso. Espero que já no próximo episódio tenhamos mais cenas com a Katherine... e com Elijah, que já neste episódio deu um show. (Se eu torço pelos vilões? Imagina! rs)

A trilha sonora dessa semana trouxe boas músicas, como sempre. A “Manipulating Woman”, de Ladyhawke, é super diferente do que geralmente ouvimos no seriado. É mais agitada e tem uma batidinha que me lembrou muito os anos 80. Gostei muito! “All I Know”, do Free Energy, “All Die Young”, do Smith Westerns e “Family Tree”, do Matthew West também são ótimas. Mas eu simplesmente A-M-E-I a “You Wait For Rain”, da Kyler England, que não era bem uma música desconhecida, mas que pouco ouvi antes. Muito boa para o seriado!

Confiram a promo do próximo episódio, que vai ao ar na quinta-feira, dia 17/02, nos EUA:



E aí, o que acharam? Adoraram o episódio, gostaram ou odiaram? Comentem! Beijos! ^-^
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Visitas

Link-me